Blog

Entenda o que é a logística colaborativa

A colaboração já é uma tendência mundial. Empresas como Uber e Airbnb são exemplos de sucesso no modelo colaborativo, pois dependem de pessoas para o seu sucesso — tanto para a operação quanto para o consumo.

A logística também pode se adaptar a esse modelo por meio da logística colaborativa. Com tantos desafios para oferecer valores de fretes atrativos e entregas cada vez mais rápidas, as empresas podem se unir para melhor aproveitamento das frotas e rotas.

Embora haja concorrência, as empresas costumam realizar essa parceria com organizações de outros segmentos para que não haja um conflito de interesses ou público. As estratégias de distribuição são compartilhadas para aumentar o poder de compra e venda do mercado.

A logística colaborativa é a sinergia de diversas empresas que estão em busca de melhorias nos processos e redução de valores — para otimização interna e para o cliente final. 

Ela pode funcionar da seguinte maneira: uma empresa enviou uma remessa de entregas para uma cidade. E, caso você tenha algum centro de distribuição ou armazém nessa cidade e precisa das entregas na cidade de origem, pode utilizar a frota para abastecer e trazer as mercadorias no retorno, com um aproveitamento de 100% da rota.

Os benefícios são refletidos em todas as áreas: logística, distribuidores, clientes e consumidores finais. Todos ganham!

Redução de custos para armazenamento

Esse é um dos principais desafios para os líderes da área e a logística colaborativa é uma alternativa para atender essa demanda.

Se a sua empresa dispõe de espaços ociosos, ela pode alugá-los para outras organizações que estão com os armazéns em carga total e o valor recebido pode ser utilizado para outras melhorias.

Redução de custos no transporte

Como o exemplo citado para a efetivação do transporte —  onde há a utilização de um caminhão abastecido com os produtos de uma empresa e o retorno com cargas de outra empresa — o valor total do frete pode ser dividido entre todas as empresas que enviam ou recebem cargas.

Sustentabilidade

Por otimizar todas as frotas com carga completa, menos viagens são realizadas e menos caminhões permanecem nas ruas e rodovias. Essa medida impacta em menos emissão de carbono na atmosfera — visto que o caminhão é o meio de transporte que mais emite gás.

Competitividade

Com a construção de um relacionamento mais próximo de outros players do mercado, há a possibilidade de formação de parcerias para competições no setor como um grupo — que pode gerar mudanças positivas e benefícios para o setor.

Agilidade

Em vez de esperar o caminhão completar toda a carga para realizar a entrega, consegue-se enviar os pedidos de forma mais rápida. Com a colaboração, a espera é reduzida com o auxílio de transportadoras.

O conceito de logística colaborativa vem sendo aplicado em diversas empresas. Ainda há muito caminho para a mudança de pensamento em algumas organizações, mas os gestores que já aplicaram essa medida estão satisfeitos com os resultados obtidos até o momento.