Blog

Você utiliza indicadores de desempenho na logística?

Como os resultados de todas as ações de logística são mensurados na sua empresa? Você sabe a porcentagem de entregas que chega para o consumidor final dentro do prazo e quantas atrasam?

Há um longo caminho entre a realização do pedido e a entrega final. É importante medir todas as etapas durante o processo para, além de melhorar, verificar os gargalos existentes e corrigi-los.

E qual o tempo médio de viagem dos transportes? Quais são os gastos comuns nas rotas e como reduzir os imprevistos?

Todos esses itens podem ser analisados pelos indicadores de desempenho que, além de disponibilizarem números, geram ideias para melhoria contínua de todos os processos.

Com as operações cada vez mais dinâmicas, os indicadores de desempenho ou KPIs — Key Performance Indicator — são essenciais para atualizar-se em tempo real em um mercado de constante mudanças.

Porém, é preciso tomar cuidado no momento de mensuração. Priorize os indicadores que realmente importam e impactam o seu negócio. Não é recomendado medir tudo porque as mudanças e melhorias podem não acompanhar esse ritmo.

Três exemplos de indicadores de desempenho logístico podem ser utilizados e afetam o sistema operacional ou a satisfação do cliente.

On Time in Full

Esse indicador mede, em porcentagem, a quantidade de pedidos entregues nos destinos finais ou que já estão separados no armazém para entrega.

On Time Delivery

De todas as entregas realizadas, quantas foram entregues dentro do prazo? 

Esse indicador pode ajudar a descobrir se os gargalos estão na separação dos pedidos, nas frotas ou se há algum fator externo durante o transporte que possa atrasar as entregas e como solucioná-los.

Caso haja atrasos, essa demora é de algumas horas ou alguns dias? Todos esses números precisam ser mensurados e ajustados.

Pesquisa de Satisfação dos Clientes

Como os clientes avaliam o serviço prestado? Os consumidores podem avaliar todas as etapas do processo e sugerir melhorias que talvez não sejam mensuradas pela equipe. 

Assim, a empresa consegue melhorar cada vez mais a experiência do consumidor e se diferenciar da concorrência.

Mensurar o desempenho em diversas áreas mostra que a empresa está preparada para o futuro, se preocupa com a melhoria de todas as áreas e deseja atingir a eficiência em toda a cadeia logística.